Tradutores: Carolina de Oliveira Cruz Latorraca, Rafael Leite Pacheco, Ana Luiza Cabrera Martimbianco


Por que monitorar sintomas?

Um melhor entendimento dos sinais e sintomas pode ajudar os serviços de saúde e a população geral a tomar decisões embasadas com relação ao COVID-19. As informações disponíveis normalmente só oferecem poucos dados sobre os sinais e sintomas mais comuns, mas falham em relatar de forma adequada informações adicionais e necessárias para ajudar a reduzir as incertezas. Por exemplo, são similares os sinais e sintomas em pessoas de idades diferentes, com condições de saúde pré ou já existentes, em uso de medicações ou em cenários e países diferentes?

O que estamos fazendo?

Para ajudar a fornecer algum esclarecimento, nós estamos realizando uma revisão rápida das revisões sistemáticas disponíveis e relatos de caso individuais que relataram sinais e sintomas e incluiremos informações adicionais importantes quando possível. A revisão da evidência formará a base de um monitoramento de sintomas que será regularmente atualizado conforme novas evidências surgem.

Qual o próximo passo?

Nós vamos compartilhar os nossos achados via banco de dados do Google em breve. Se você conhece qualquer banco de dados / publicações / atualizações relevantes fornecendo ou avaliando sinais e sintomas do COVID-19 e gostaria de compartilhá-los, por favor, envie e-mail para Dr David Nunan: [email protected]


Transparência do processo de produção e divulgação: o artigo não teve revisão por pares; ele não deve substituir o julgamento clínico individual e as fontes citadas devem ser checadas. O ponto de vista expresso neste comentário representa o ponto de vista dos autores e não necessariamente o ponto de vista da instituição sede, o NHS, o NIHR, ou o Departamento de Saúde. Os pontos de vista não substituem a recomendação do médico.

Link para o original: https://www.cebm.net/covid-19/covid-19-signs-and-symptoms-tracker/

Autores

David Nunan é pesquisador sênior do Centre for Evidence-Based Medicine, Nuffield Department of Primary Care Health Sciences, University of Oxford. Ele é editor do BMJ Evidence-Based Medicine jornal e Diretor do PG Certificate em Teaching Evidence-Based Health Care.

Jon Brassey é diretor da Trip Database Ltd, líder de  “Knowledge Mobilisation” na Public Health Wales (NHS) e editor associado no BMJ Evidence-Based Medicine

Carl Heneghan é editor chefe do BMJ EBM e professor de Evidence-based Medicine, Centre for Evidence-Based Medicine no Nuffield Department of Primary Care Health Sciences, University of Oxford.

Kamal R. Mahtani é médico (“general practitioner”), professor associado e Diretor adjunto do Centre for Evidence-Based Medicine, Nuffield Department of Primary Care Health Sciences, University of Oxford. Ele é um editor associado do BMJ Evidence-Based Medicine journal e diretor do The Evidence-based Healthcare MSc in Systematic Reviews.

Jeffrey Aronson é médico e farmacologista clínico trabalhando no Centre for Evidence-Based Medicine no Nuffield Department of Primary Care Health Sciences, University of Oxford. Ele é editor associado BMJ EBM e Presidente Emérito da British Pharmacological Society.